Caixa de ferramentas Java

Nesta página eu pretendo listar as ferramentas para desenvolvimento em Java que eu estou usando.

  • IDE: Eclipse Plataform 3.4 com os plugins abaixo. Para usá-los basta adicionar os Update-sites no seu eclipse:
  • Framework de persistência: sempre dei preferência para o Hibernate. Atualmente, estou usando a JPA, mas mantenho o Hibernate como Persistence Provider.
    • Em termos de produtividade, são menos 3 SQL’s(insert, update, delete) para dar manutenção e fim do trabalho de montar a entidade a partir do RecordSet.
    • Eu vejo que o custo de fazer o mapeamento é pago no primeiro campo a mais que você quiser colocar na entidade.
    • Gera o banco de dados automaticamente. O que é útil para teste.
    • Tem uma integração ineressante com o EJB3.
  • Bibliotecas para sistemas com interface Web: comecei com Servlets e Java ServerPages – JSP, passei para Struts e JSP. Atualmente, nos freelances, tenho usado Stripes e JSP. No trabalho uso Swing porque a aplicação é desktop. Mesmo assim estou usando uma classe do Stripes para popular alguns campos, nas consultas.
    • Tentei usar o JSF, mas no meu caso não deu. A produtividade com o Stripes é absurdamente maior. Nada de XML para configurar, posso usar EL e JSTL como usava com o Struts. E já vem com suporte a validação e template de páginas.
  • Bibliotecas para sistemas com interface Desktop: Estou usando Swing com os widgets desenvolvidos pelo pessoal da JIDE Software.
  • Container: Tenho usado o JBoss, no trabalho. Para os freelances uso o Tomcat, porque a hospedagem é mais barata 🙂 e tenho olhado, com atenção, para o Jetty por ser muito rápido.
  • Controle de versão: Uso o Subversion no trabalho e nos freelances. Escolhi os dois pela facilidade de instalação/manutenção, pela integração com o Trac, por permitir que mais de uma pessoa trabalhe no mesmo arquivo e por ser gratúito. E, o Bazaar(no trabalho e nos freelances) porque, além das vantagens do Subversion, ainda é distribuido, isto é, não preciso de um servidor central.
  • Controle de Ocorrências/Bugs: Trac. Pela integração com o Subversion, pela ferramenta de Wiki, pela possibilidade de escrever um caso de uso na ferramenta de Wiki, criar um ticket para desenvolver o UC(fazendo um link para o Wiki) e ter um link, no comentário feito no commit do código no Subversion, para o ticket Ah! E pela possibilidade de fechar o ticket quando dá o commit no Subversion.

2 opiniões sobre “Caixa de ferramentas Java

  1. Pingback: Minha caixa de ferramentas « AC de Souza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s